» » » Como fechar um arquivo para impressão

Como fechar um arquivo para impressão

postado em: Dicas | 0

Ao levar, ou enviar, o seu arquivo para impressão é preciso tomar certos cuidados para que o resultado final seja exatamente como você planejou. Para isso é preciso “fechar” o arquivo. Trata-se de um processo que impede que o material a ser impresso sofra alguma alteração, como por exemplo: o texto sair com as fontes trocadas, ou as cores ficarem estranhas. Tudo que você precisa fazer é uma cópia do arquivo do seu layout e nesta cópia fazer alguns ajustes nas imagens, fontes e vetores.

Confiram então algumas dicas para fechar seu arquivo:

 

Cores

Todas as imagens do seu layout, como fotos e texturas, e todos os vetores, como fontes e alguns elementos gráficos, precisam estar dentro do mesmo padrão de cores para impressão, que é o CMYK (Ciano, Magenta, Amarelo e Preto). Monitores possuem padrão RGB (Red, Green, Blue), então, muitas vezes artes e fotos feitas para internet não ficam boas quando impressas no padrão CMYK, sendo necessário primeiro converter as cores.

Caso use a cor preta para um fundo do layout, acrescente uma porcentagem das outras cores, como 20% de ciano, magenta e amarelo. O resultado é um preto mais forte e bonito e com menos cara de cinza escuro.

 

Fontes

Se a impressora não tiver as fontes, que você utilizou em seu layout, provavelmente ela irá trocá-las. Para evitar isso, é preciso que você converta as fontes para curvas, ou as anexe no arquivo.

 

Cortes

Caso seu impresso precise ser cortado, é importante deixar uma sangria de pelo menos 3 milímetros para todos os lados. E também é interessante deixar uma margem interna, disponibilizando os elementos, que estão sobre o fundo, a pelo menos 3 mm de distância da linha de corte. Esses espaços, fora e dentro do layout, são uma margem de segurança para que sua arte não seja prejudicada pelo corte.

 

Acabamentos especiais

Caso seu impresso venha receber algum acabamento especial como: verniz localizado sobre o logotipo de sua empresa, ou detalhes em auto-relevo, o layout deve sempre trazer, numa nova página do arquivo, ou mesmo num arquivo separado, a arte do detalhe ou logotipo apenas em preto.

 

Fotos

Evite usar imagens copiadas da internet, pois geralmente elas estão em 72 dpi, o que é uma resolução muito baixa para impressão. O resultado disso seria uma foto sem nitidez, aparentemente desfocada. O ideal para impressão são imagens com 300 dpi ou mais, até podem ser encontradas na internet, mas são sempre imagens muito grandes e pesadas.

 

Efeitos

Quando utilizar algum efeito do software de edição, como sombreamentos por exemplo, é interessante converter tanto a sombra quanto a imagem sombreada para bitmap, isso impede que o software de impressão reconheça de forma errada o efeito desejado. O mesmo vale para objetos com transparências, converta objeto transparente e o seu fundo num só bitmap.

 

Mas caso você ainda tenha dúvidas sobre a forma ideal de finalizar seu arquivo, entre em contato conosco, que nós o orientamos.

 

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *