» » » 4 Dicas para criar um cartão comemorativo

4 Dicas para criar um cartão comemorativo

postado em: Dicas, Impressos | 0

 

O ano está cheio de ocasiões para expressarmos nosso afeto por alguém. Pode ser apenas uma parabenização ou uma longa declaração de amor, a verdade é que presentes sem um cartão se tornam um tanto frios. Eles se gastam, envelhecem e às vezes são esquecidos, mas os cartões feitos com carinho são guardados. São aquelas lembranças que valem a pena revirar do passado, naquela caixa de sapatos em cima do guarda-roupas, juntas com tantas outras recordações boas.

Mas o que torna um cartão tão significativo? Como criar um vínculo emocional que perdure nas palavras e na imagem? A estética é o estudo da relação entre as sensações e suas causas. Tudo que possui um valor estético provoca alguma sensação, cria algum sentimento. Seja na música, nas pinturas, nas esculturas, na literatura ou dramaturgia, a arte sempre foi a grande criadora de emoções.

Então, vamos fazer arte? Confira nossas dicas para você dar aquele toque mais emotivo em seu cartão:

 


1) Frases inspiradoras

Um bom cartão possui uma frase de efeito forte, que toca o coração. Se você não é poeta, tudo bem, sites como o citador.pt e o pensador.uol.com.br estão cheios de citações de grandes artistas e pensadores. São frases motivacionais, inspiradoras e até provocadoras. Escolha um tema, como amizade, amor, esperança e confira o que algumas das grandes mentes da humanidade já disse a respeito. Mas não esqueça de colocar algo pessoal, com as suas palavras. Escreva tudo o que sair do seu coração, depois você ajusta se necessário.

 


2) Uma imagem vale mais do que mil palavras

As imagens possuem o poder de evocar lembranças. Toda boa lembrança traz consigo um suspiro nostálgico e uma vontade de voltar para aquele tempo. Assim, uma foto de infância pode ser perfeita para ilustrar um cartão de aniversário de um velho amigo, por exemplo. Na falta de boas imagens pessoais, você sempre poderá recorrer a bancos de imagens gratuitos na internet, como o pixabay.com e o morguefile.com.

 


3) O layout

Alguns softwares de edição de textos ou imagens, já possuem alguns modelos prontos de cartões comemorativos. Até o Word tem! Mas caso você queira desenvolver seu próprio modelo, sugerimos usar um formato A5 fechado, ou seja, uma folha A4 dobrada ao meio. Assim você tem capa e contra-capa no lado externo, e toda área para seu texto no lado interno. Coloque a foto na capa, e se a imagem permitir, coloque numa área com menos elementos o nome da pessoa que receberá o cartão. Ou talvez uma pequena chamada, uma frase pela metade, que desperte a curiosidade para ler sua continuação no lado de dentro. Use uma fonte bonita, mas que não seja de difícil leitura. E no lado de dentro coloque sua mensagem, lembre de deixar espaço para assinaturas, ou talvez pequenas frases que as pessoas escrevem quando assinam.

 


4) A impressão

Com a arte do cartão pronta, tudo o que você precisa agora é tirá-lo do mundo digital e trazê-lo para o real. De nada vai adiantar ter um belo trabalho se a qualidade da impressão deixar a desejar. O mesmo vale para a escolha do papel. Existem diversos tipos de papeis, com diferentes cores, texturas, gramaturas e brilhos. Nessa hora vale uma conversa com pessoal do seu serviço de impressão e a experiência de tocar nos tipos de papel. Veja a possibilidade de algum acabamento especial, como verniz localizado em algumas áreas. E é claro, você pode contar com a JFC Print para lhe ajudar, não só no processo de impressão e acabamento, mas também no desenvolvimento de seu cartão personalizado.

Pode parecer simples, até trivial, mas nesse processo você coloca mais do que sua dedicação, você constrói um vínculo emocional, que como uma âncora colocará sempre a pessoa presenteada em um lugar bom de se estar entre as lembranças.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *